Bruximo - Quem range ou aperta os dentes pode desenvolver problemas grave

Conhecido como bruxismo, esse distúrbio atinge aproximadamente 35 % da população. Contudo, a maioria não percebe ou mesmo não busca tratamento.


O bruxismo é uma desordem que se caracteriza por apertar ou ranger os dentes em especial à noite, mas pode ocorrer de dia também. As causas do bruxismo não estão bem definidas mas já se sabe que está relacionado com fatores psicossomáticos (estresse , ansiedade e preocupação excessiva).


Com o passar dos anos, ele pode levar à retração da gengiva causando dores e sensibilidade dentária. Em vários casos, a força muscular é tão forte que chega a partir o dente, ocasionando a sua perda. As dores na articulação temporomandibular são difusas e, é comum, o portador achar que está com dores no ouvido e procurar um médico otorrino, devido à proximidade das estruturas.

O bruxismo leva a um desgaste severo nos dentes, fadiga e dores na articulação. É comum o portador escutar estalidos quando abre e fecha a boca. Também são sintomas do bruxismo: dores de cabeça, no pescoço e nos músculos da face.


O bruxismo não tem cura mas pode ser controlado. Os tratamentos mais utilizados são o uso de uma placa rígida de acrílico que deverá ser ajustada periodicamente. Ela gera um relaxamento muscular e protege os dentes e a articulação para não se desgastarem. Outro tratamento é o uso de toxina botulínica (Botox*) que relaxa a musculatura e vem trazendo ótimos resultados.


Como é uma doença relacionada ao emocional, é importante que o portador procure algo que o auxilie a extravasar as energias: yoga, meditação,ginástica, oração, caminhada...


É fundamental estar atento e fazer as suas consultas regulares no consultório odontológico para, caso venha a desenvolver o bruxismo, ele seja diagnosticado logo no início.


Um grande abraço,

Shalimar Carvalho